sexta-feira, 30 de setembro de 2011

SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS DA FRANÇA ( Caverna de Pech Merle )

Caverna de Pech Merle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Mão e pontos associados na caverna de Pech Merle
A caverna de Pech Merle é uma caverna decorada pré-histórica situada na França.



Situação e história

A caverna de Pech Merle fica no departamento de Lot, na região de Midi-Pyrénées, no município de Cabrerets. Abre-se numa colina (pech em occitano [1]) que domina o vale do rio Célé, no Quercy.
O abade Henri Breuil disse desta caverna: "A sala pintada da caverna de Pech Merle é como a 'Capela Sixtina' dos planaltos calcáreos do Lot".
A caverna decorada foi descoberta a 4 de Setembro de 1922 por André David e Henri Dutertre. Foi estudada por Amédée Lemozi, que publicou "La grotte temple du Pech Merle" em 1929, assim como por André Leroi-Gourhan e Michel Lorblanchet.
Em 1949, o mesmo André David descobriu o divertículo do Combel, um ramal na mesma caverna, e Amédée Lemozi estudou as pinturas descobertas nele.
Pech Merle foi declarado Monumento histórico, sendo um sítio relevante da arte paleolítica europeia.

A arte de Pech Merle

A caverna, de grande extensão, compreende dois subconjuntos situados a ambos os lados da entrada pré-histórica:
  • No lado leste são visíveis pontos vermelhos, figuras de cavalos, um felino e, num divertículo denominado Le Combel, com três figuras que lembram cervos Megaloceros ;
  • O lado oeste estende-se por uma área maior e rica. Compreende nomeadamente uma composição dita o friso preto, no qual estão agrupados um cavalo, vários bisões e mamutes, com numerosos traços digitais no teto, e mãos negativas associadas a pontos; está localizada aqui também a cena dita «dos cavalos com pontos». Esta última composição, tão complexa, foi, sem dúvida, realizada em várias etapas. Compreende dois cavalos, um orientado para a esquerda, e o outro para a direita, acompanhados por seis mãos em negativos pretos, signos e pontos. Um grande peixe de finos traços vermelhos está superposto sobre o cavalo da direita.
Este último foi objeto de uma datação direta por carbono-14, cujo resultado indicou em torno de 25 000 anos AP. Tal data corresponda ao período Gravettense, o qual seria coerente com outros elementos como são as mãos negativas. Contudo, é possível que parte das pinturas e das gravuras de Pech Merle datem de uma fase mais recente, talvez do Magdaleniano.

Visita

Embora o número de visitantes diários esteja limitado, Pech Merle faz parte das cavernas ornamentadas paleolíticas principais que estão ainda abertas ao público. No lugar, o Museu de Pré-história Amédée Lemozi serve para completar a visita da caverna.
Em 2006, 72 000 pessoas visitaram a caverna[2]

FONTE: Wikipédia, a Enciclopédia Livre

PINTURAS PRÉ-HISTÓRICAS EM CAVERNA SÃO DE CRIANÇAS DE 03 A 07 ANOS ( Arqueologia )

30/09/2011 - 11h50

Pinturas pré-históricas em caverna são de crianças de 3 a 7 anos

DA BBC BRASIL
Pinturas pré-históricas encontradas em uma caverna na França foram feitas por crianças pequenas, com idades entre três e sete anos, apontam pesquisas recentes.
São sulcos feitos com os dedos, que resultam em desenhos de mamutes e outros animais. Eles foram descobertos na chamada caverna dos Cem Mamutes, em Rouffignac, e datam de cerca de 13 mil anos atrás.
Os sulcos parecem ter sido feitos por dedos pequenos, de crianças, que passavam as mãos na superfície macia das paredes da caverna.
Pesquisadores da Universidade de Cambridge agora afirmam terem conseguido identificar a idade e o sexo dos jovens artistas das cavernas.
"Os sulcos feitos por crianças aparecem em todas as partes da caverna", diz a arqueóloga Jess Cooney, da Universidade de Cambridge, que comandou as pesquisas ao lado de Leslie Van Gelder, da Universidade Walden (EUA).
"Encontramos marcas de crianças de três a sete anos --e conseguimos identificar (os desenhos de) quatro crianças específicas ao comparar suas marcas."
Segundo ela, a criança mais prolífica no desenho de gravuras tinha ao redor de cinco anos. "E temos quase certeza de que essa criança era uma menina."
'LUGAR ESPECIAL
A cada ano, milhares de pessoas visitam a caverna, na região de Dordonha (oeste da França), para admirar os desenhos de mamutes, cavalos e rinocerontes, nas paredes dos 8 km de caverna que foram descobertas no século 16.
Mas só em 1956 é que os especialistas perceberam que alguns dos desenhos eram pré-históricos. Depois, em 2006, notaram que as pinturas haviam sido feitas por crianças, com seus dedos.
Diferentemente de rabiscos também encontrados na caverna, as pinturas não continham pigmentos de tinta.
"Uma caverna é tão rica em sulcos feitos com (dedos de) crianças que parece ter sido um lugar especial para elas. Mas é impossível saber se (a prática) era para brincar ou parte de um ritual", diz Cooney.
Pinturas feitas com sulcos de dedos também já foram encontradas em cavernas na Espanha, na Nova Guiné e na Austrália.
"Não sabemos por que as pessoas as faziam", agrega Cooney, admitindo que os desenhos podem ser parte de "rituais de iniciação" ou "simplesmente algo pra ocupar o tempo durante um dia chuvoso". 

FONTE: Folha.com/BBC Brasil

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

FOTOS CELEBRAM DIVERSIDADE DA VIDA SELVAGEM BRITÂNICA; VEJA ( Natureza )

27/09/2011 - 11h03

Fotos celebram diversidade da vida selvagem britânica; veja

DA BBC BRASIL
A terceira edição de um concurso britânico de fotos de natureza divulgou seus vencedores.
A foto de uma água-viva no mar de uma ilha na costa escocesa, tirada pelo fotógrafo Richard Shucksmith, venceu o prêmio geral, mostrando a grande variedade de vida marinha no região, inabitada e de clima inóspito.

"É uma foto verdadeiramente linda, que captura perfeitamente as cores iridescentes e as qualidades mágicas da imagem", descreveu o fotógrafo Greg Armfield, da organização ambiental WWF e também um dos jurados da competição.

Richard Shucksmith/Bwpa
Foto de água-viva tirada em Sula Sgeir venceu o concurso de vida selvagem; veja mais imagens
Foto de água-viva tirada em Sula Sgeir venceu o concurso de vida selvagem; 
O concurso foi estabelecido em 2009 com o objetivo de reconhecer "o talento tanto de fotógrafos amadores quanto de profissionais, destacando simultaneamente a grande riqueza e diversidade da história natural britânica".
O prêmio escolheu vencedores em dez categorias, além de um vencedor geral e dois premiados com idades abaixo de 11 anos e entre 12 e 18 anos de idade.
Cerca de 70 imagens escolhidas serão expostas ao longo de um ano em diversos locais de exibição na Inglaterra, Escócia e País de Gales. A primeira exibição será aberta em Londres em 14 de outubro.
Além disso, as fotos farão parte de uma coleção em capa dura ilustrando as melhores imagens do concurso deste ano. 

VEJA GALERIA DE FOTOS:









                                                                                   

FONTE: Folha.com/BBC Brasil

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

MULHERES SÃO ATRAÍDAS POR VOZ MASCULINA GRAVE, AFIRMA ESTUDO ( Comportamento Humano )

26/09/2011 - 16h51

Mulheres são atraídas por voz masculina grave, afirma estudo


DO "NEW YORK TIMES"
É oficial: as mulheres são atraídas por vozes graves masculinas, como a do ator James Earl Jones. Elas também estão mais propensas a recordar o que dizem os donos dessas vozes.
As mulheres provavelmente usam essas informações para selecionar os companheiros, afirma Kevin Allan, psicólogo cognitivo da Universidade de Aberdeen, na Escócia, e um dos autores de um estudo recente publicado na revista "Memory & Cognition" --acesse o resumo em inglês aqui.

Allan e seus colegas mostraram a mulheres imagens de objetos e, ao mesmo tempo, versões manipuladas por computador de vozes graves e agudas, masculinas e femininas, que diziam a elas o nome deles.
Em seguida, eles repetiram o experimento com vozes reais de homens e mulheres.

Alastair Grant/AP
Voz grave como as do ator James Earl Jones ajudariam as mulheres a memorizar informações, segundo estudo
Voz grave como as do ator James Earl Jones ajudariam as mulheres a memorizar informações, segundo estudo
Nos dois casos, as mulheres expressaram uma clara preferência por vozes graves masculinas e se lembraram das imagens cujos nomes foram falados por vozes graves com mais frequência.
A escolha do companheiro tem um custo elevado para as mulheres, afirma Allan.
Esse custo é a gravidez, o nascimento do bebê e, frequentemente, a responsabilidade de ser a principal cuidadora e educadora.
Por isso, é de interesse da mulher selecionar um companheiro saudável e em boa forma, e a voz grave pode ser um sinal de masculinidade, afirma Allan.
Os pesquisadores agora planejam estudar o grau de influência no ciclo menstrual e a localização geográfica das mulheres quando elas conhecem homens que atendam a suas preferências.
Allan avisou que os homens não devem esperar seduzir as mulheres tornando a voz grave.
Ele avisa aos homens: "Se quiserem baixar o tom da voz, eles devem se preparar para serem julgado pelos detalhes lembrados pelas mulheres. Isso pode significar um tiro no pé. Não é uma estratégia que os homens possam usar."
Em contrapartida, um estudo britânico anterior, publicado no começo deste ano, afirma que as mulheres usam vozes mais agudas quando conversam com homens que acham atraentes. 

FONTE: Folha.com/Ciência

FOTÓGRAFOS REGISTRAM ERUPÇÕES VULCÂNICAS PELO MUNDO; VEJA IMAGENS ( Natureza )

26/09/2011 - 14h48

Fotógrafos registram erupções vulcânicas pelo mundo; veja imagens

DA BBC BRASIL
Os fotógrafos Donna e Steve O'Meara se conheceram em 1986 e, no ano seguinte, casaram-se nas proximidades do vulcão Kilauea, no Havaí.

Desde então, os dois se dedicam a fotografar vulcões. Em 1994, eles fundaram uma organização de pesquisa chamada Volcano Watch International, que realiza estudos de vulcões ativos da Terra.

Steve and Donna O'Meara/VolcanoHeaven.tumblr.com
Casal de fotógrafos registra erupções vulcânicas pelo mundo e coleta dados; veja galeria de fotos
Casal de fotógrafos registra erupções vulcânicas pelo mundo e coleta dados;
Os dois usam as imagens que fazem de vulcões para educar as pessoas no mundo todo sobre os perigos que os vulcões representam e sobre como as pessoas que vivem nas proximidades de um vulcão ativo podem se salvar em caso de erupção.
Atualmente, o casal também trabalha para a "National Geographic Society" e mora no Kilauea. 

FONTE: Folha.com/Fotografias

VEJA GALERIA DE FOTOS:









                                                                                

terça-feira, 27 de setembro de 2011

MALDIVAS RECLAMAM DE "NOTÍCIA" DE QUE SERIAM OMITIDAS DO MAPA-MUNDI ( Mundo)

23/09/2011 - 18h13

Maldivas reclamam de 'notícia' de que seriam omitidas do mapa-múndi

DA BBC BRASIL
O governo das ilhas Maldivas, no oceano Índico, se queixou do texto satírico de um blog do jornal britânico "The Daily Telegraph", que dizia que o pequeno país seria eliminado de um atlas global.
A "omissão" seria uma consequência do aquecimento global, já que as Maldivas se veem sob o risco de ficarem submersas em decorrência do aumento dos níveis das águas marítimas.
O post do blog de James Delingpole --um cético do aquecimento global--, no "Telegraph", era satírico, mas foi levado a sério por diversos meios de comunicação nas Maldivas.
O texto derivou da notícia, na segunda-feira, de que cientistas haviam afirmado que o atlas feito pelo jornal britânico "The Times" exagerava a diminuição da área coberta por gelo na Groenlândia, outra região ameaçada pelas mudanças climáticas.
Delingpole escreveu então em seu blog que a próxima edição do famoso atlas daria continuidade ao "alarmismo" do aquecimento global e eliminaria por completo as Maldivas, as ilhas de Tuvalu (na Oceania) e partes de Bangladesh.
O blogueiro citava um fictício porta-voz do atlas que dizia que, no desenho de mapas, a "verdade emocional" era mais importante do que a verdade real.

SXC
Imagem de uma das ilhas que compõem a República das Maldivas
Imagem de uma das ilhas que compõem a República das Maldivas
DESCULPAS
A brincadeira causou polêmica nas Maldivas. Um político de oposição divulgou um comunicado culpando o presidente das ilhas, Mohamed "Anni" Nasheed, pela "omissão" no atlas.
Nasheed ficou famoso em 2009, pouco antes do encontro climático de Copenhague, por fazer uma reunião de gabinete sob a água, para chamar atenção para o risco que seu país corria se os níveis dos mares não parassem de subir.
Um porta-voz da editora do Times World Atlas confirmou a um site maldivo que o blog de Delingpole era falso.
Em reação, um representante do governo maldivo em Londres escreveu ao "Telegraph" exigindo um pedido de desculpas e um esclarecimento.
O representante alegou que, ainda que os maldivos tenham senso de humor, o post do blog dava a entender que a luta das Maldivas contra o aquecimento global era falsa, o que foi considerado ofensivo.
Uma autoridade do governo maldivo disse à BBC que o "Telegraph" não deveria publicar informações "sem sentido" que podem ser confundidas com notícias de verdade. Mas agregou que os jornais maldivos também têm de reconhecer que foram enganados. 

FONTE:  Folha.com/BBC Brasil

GIGANTESCO TANQUE D'ÁGUA EM TÓQUIO É ATRAÇÃO LOCAL ( Turismo Mundial )

25/09/2011 - 07h55

Gigantesco tanque d´água em Tóquio é atração local

DE SÃO PAULO
Um tanque gigante de água no norte de Tóquio tem como função primária a segurança da região. Mas virou até atração para visitantes.
O tanque de água, chamado "Templo Subterrâneo", tem 25,40 metros de altura, extensão de 177 metros, largura de 78 metros e 59 pilares de concreto.
A construção foi feita para proteger a capital japonesa de enchentes e sobrecargas dos principais encanamentos da cidade ou transbordamento de rios durante chuvas mais fortes e temporadas de tufões.

Reuters
Visitantes observam gigantesco tanque d´água "Templo Subterrâneo", entre seus pilares de concreto
Visitantes observam gigantesco tanque d´água "Templo Subterrâneo", entre seus pilares de concreto
Acredita-se que essa estrutura esteja entre as maiores do mundo do gênero. Trata-se da Área Metropolitana Exterior ao Canal Subterrâneo de Descarga de Kusakabe.
Também fazem parte do complexo silos de contenção gigante de concreto --65 metros de altura por 32 metros de largura) conectados por 6,4 quilômetros de túneis subterrâneos a 50 metros sob a superfície. 

FONTE: Folha.com/Turismo

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

MÉDICO ESPANHOL DIZ QUE MUITO SEXO FAZ BEM AO CORAÇÃO ( Saúde )

24/09/2011 - 16h40

Médico espanhol diz que muito sexo faz bem ao coração


DA EFE, EM MADRI
Para ter um coração saudável é preciso comer bem, beber pouco, controlar o estresse, não fumar, fazer exercícios moderados e, para quem pode, praticar muito sexo, de preferência com um parceiro estável, de acordo com o médico espanhol Josep María Caralps.
Essa é a fórmula "não-infalível" do doutor Caralps para manter "em bom estado" a máquina perfeita que é o coração, que bate cerca de 100 mil vezes por dia e movimenta 10 mil litros de sangue. Um órgão também emocional, "muito ligado aos sentimentos mais íntimos", e que foi chamado por Aristóteles de "santuário da alma".
Os olhos e as mãos deste médico espanhol que tem quatro décadas dedicadas à cirurgia cardíaca viram e tocaram milhares de corações. Corações doentes e muito doentes, velhos e jovens, grandes e pequenos e de pessoas de todo tipo de raças, o que o permite falar com autoridade de "nosso músculo mais prezado", vital e carismático.
Josep María Caralps teve a honra de fazer o primeiro transplante de coração bem sucedido na Espanha, no dia 8 de abril de 1984, uma data que nunca esquecerá.
Tanta sabedoria acumulada sobre o coração o levaram a escrever "Super Corazón" ("Super Coração", na tradução livre), no qual descreve suas experiências e conhecimento.
O livro, que chega neste domingo às livrarias, coincidindo com a celebração do Dia Mundial do Coração, é um guia "singelo e ameno" para ajudar a conhecer como trabalha e porque o coração adoece, além de ensinar a mantê-lo em forma.
Na conversa com este premiado profissional da medicina ouvimos repetidamente a palavra moderação: "Podemos fazer de tudo, mas com moderação, precisamos aprender que a degustação de um cigarro após uma boa refeição, uma taça de vinho no jantar ou no almoço, não pode se transformar em dependência".
VIDA MELHOR
"Temos ao nosso alcance coisas que fazem nossa vida melhor. Mas precisamos ser capazes de discernir sobre o que é bom e o que é ruim. A saúde não está separada do prazer. Ao contrário, se não há prazer não há saúde", considerou.
Caralps fala em educar desde a infância como forma de prevenção e criar bons hábitos. "Ensinar às crianças que fumar é prejudicial, que o álcool pode ser agradável, reconfortante e, em algumas ocasiões, até necessário, mas sempre, sempre com moderação, com muita moderação", detalhou o médico.
"Não nos preocupamos com isso, porque achamos que podemos controlar nossos vícios. Mas, na realidade, não podemos. Ser moderado em tudo é quase impossível. Daí a necessidade de aprendermos desde pequenos", afirmou, acrescentando que as escolas também devem ensinar a "controlar mentalmente as emoções, a sermos mais humanos, termos mais cuidado com nós mesmos e com os outros". 

FONTE: Folha.com/Mundo

PAPA DIZ QUE CATÓLICOS NÃO PODEM ACEITAR CASAMENTO GAY ( Artigo Religioso )

25/09/2011 - 10h26

Papa diz que católicos não podem aceitar casamento gay


DA REUTERS, EM FREIBURG
O papa Bento 16 disse neste sábado na Alemanha que a Igreja Católica não pode aceitar o casamento gay e também fez um chamado aos jovens para que erradiquem o mal da sociedade e se afastem de uma fé indiferente que prejudica a igreja.
O papa, de 84 anos, encerrou o terceiro dia de visitas à sua terra natal com uma concentração de mais de 30 mil jovens em uma área aberta ao sul da cidade de Freiburg, uma região católica onde teve a recepção mais calorosa até agora na viagem ao país.
"O mundo em que vivemos, apesar de seu progresso tecnológico, não parece estar ficando melhor", disse ele aos jovens. "Há ainda guerra e terror, fome e doença, amarga pobreza e opressão sem misericórdia."
O papa fez um apelo para que eles erradiquem todas as formas do mal na sociedade e não sejam "cristãos indiferentes", ao dizer que a falta de comprometimento com a fé fez mais estragos à igreja do que seus inimigos jurados.
Os jovens na multidão demonstravam entusiasmo enquanto ele falava. "Nestes dias, a igreja é apresentada pela mídia de modo muito negativo, por isso é importante que nós, jovens, vejamos que também podemos estar orgulhosos da Igreja, e que a própria igreja não é ruim, mesmo que algumas pessoas tenham causado decepções", Kathrin Doerr, de 26 anos, que participou da concentração de fiéis.
Antes, em uma reunião com líderes cristãos ortodoxos, Bento 16 falou contra o aborto, eutanásia e casamento gay.
"Nós, como cristãos, atribuímos grande importância à defesa da integridade e singularidade do casamento entre um homem e uma mulher de qualquer tipo de interpretação errônea."
COMUNISMO e FÉ
No penúltimo dia de sua viagem à Alemanha, o papa transpôs as divisões geográficas e religiosas do país, enaltecendo os fiéis por resistirem ao efeito da "chuva ácida" do comunismo na antiga Alemanha Oriental e se dirigindo a entusiasmadas multidões de católicos no oeste alemão.
Numa missa na praça medieval na cidade de Erfurt, onde apenas cerca de 7% da população é católica, ele elogiou os alemães do leste que permaneceram leais à Igreja durante os opressivos anos do nazismo e, depois, do comunismo.
Cerca de duas horas antes da missa matinal em Erfurt, um homem disparou para o ar em um posto de triagem que fazia parte do esquema de segurança na cidade, em um aparente protesto contra as medidas rígidas de controle dos participantes, disse a polícia. O Vaticano informou que o papa não esteve em nenhum momento em perigo.
Na sexta-feira, Bento 16 manteve um encontro surpresa com vítimas de abusos sexuais por parte de padres, em Erfurt. Autoridades eclesiásticas disseram neste sábado que estiveram presentes três homens e duas mulheres, escolhidos entre muitas vítimas da Alemanha que haviam pedido para se encontrar com o papa.
Cerca de 700 alemães entraram com ações na Justiça pedindo indenização por abusos de padres e outros integrantes dos quadros da Igreja. Um número recorde de 181 mil alemães deixou a Igreja Católica em 2010, muitos em protesto pelo escândalo dos abusos sexuais. 

FONTE: Folha.com/Mundo

CHINÊS É PRESO POR MANTER ESCRAVAS SEXUAIS EM PORÃO ( "Comportamento Humano" )

23/09/2011 - 12h35

Chinês é preso por manter escravas sexuais em porão

DA BBC BRASIL
A polícia chinesa prendeu um suspeito de manter em um porão e estuprar seis mulheres ao longo de dois anos, além de matar duas delas.
O bombeiro de 34 anos Li Hao escavou dois quartos, quatro metros abaixo do porão que adquiriu na cidade de Luoyang, província de Henan, há quatro anos.
Ele teria então sequestrado as mulheres, todas trabalhadoras de clubes noturnos e bares. Li foi preso quando uma delas escapou e o denunciou para a polícia.
A polícia confirmou ter prendido Li no dia 6 de setembro e está investigando o caso.
Segundo o jornal chinês "Southern Metropolis Daily", Li estuprava constantemente as mulheres e as alimentava apenas a cada dois dias, para mantê-las enfraquecidas.
As mulheres podiam sair de casa apenas quando ele as enviava para dormir com outros homens, em troca de dinheiro, disse a garota de 23 anos que conseguiu escapar.
A polícia encontrou outras três mulheres presas no porão, além dos corpos de outras duas, enterrados em covas rasas.
Li, casado e pai de um filho, foi preso ao tentar fugir para outra cidade.
O jornal afirma que as autoridades locais estão realizando testes para averiguar sua sanidade mental. 

FONTE: Folha.com/BBC Brasil

domingo, 25 de setembro de 2011

À ESPERA DE "JUÍZO DIVINO", FIÉIS SE TRANCAM EM IGREJA DE CUBA ( "Comportamento Humano")

24/09/2011 - 09h46

À espera de juízo divino, fiéis se trancam em igreja de Cuba


FLÁVIA MARREIRO
DE CARACAS

"Recebemos um mandato de Deus, que disse que viéssemos para cá por causa das coisas que estão acontecendo neste país. Muita idolatria, homossexualidade. Virá um juízo para Cuba por parte de Deus", diz, pausadamente, William Herrera.
Ele falava pelo celular à Folha, de uma das salas do templo da Assembleia de Deus no centro de Havana, onde ele e mais 61 fiéis resolveram se trancar há um mês.
O grupo, que tem 19 menores de idade e quatro grávidas, promete sair de lá só quando receber uma ordem divina. Herrera, 27, é filho do pastor que lidera o grupo.
A situação pouco comum na ilha comunista causou comoção no bairro onde fica a igreja depois que, no último dia 9, o local amanheceu cercado por forças de segurança.
O governo, num passo também raro, publicou notícias sobre o tema na imprensa oficial, explicou que o isolamento era para evitar incidentes e pediu "desculpas à população pelo incômodo". O comunicado qualificava o "retiro", como chamam os religiosos, de "situação inusual".
Para observadores políticos e diplomatas na ilha, o regime tem lidado com mais cuidado do que de costume com o episódio.
TWITTER E IGREJA
As autoridades da Assembleia de Deus na ilha lançaram nota para se desvincular do pastor Braulio Herrera, que lidera o grupo, dizendo que ele apela ao "fanatismo".
"Em toda época há os que são chamados de loucos no momento, os que vão contra a corrente. Não nos importamos com essas mentiras. Deus nos mandou guardar comida para um tempo e aqui ficaremos", diz o filho do pastor.
Ele criou uma conta no Twitter (@fuentevidacuba) para explicar o chamado de Deus e as curas e milagres que, segundo ele, ocorrem durante as jornadas de oração. "O governo está preocupado com a nossa saúde, mas não incomoda. É Deus quem põe os governantes lá." 

FONTE: Folha.com/Mundo


Desmond Boylan/Reuters
Policiais cubanos cercam templo da Assembleia de Deus em bairro popular de Havana onde fiéis se trancaram em oração
Policiais cubanos cercam templo da Assembleia de Deus em bairro popular de Havana onde fiéis se trancaram

MECHA DE CABELO PODE DESVENDAR MISTÉRIO DE IMIGRAÇÃO HUMANA Á PARTIR DA AUSTRÁLIA ( Antropologia )

23/09/2011 - 12h06

Mecha de cabelo pode desvendar mistério de imigração humana a partir da Austrália

DA BBC BRASIL
Uma mecha de cabelos ajudou uma equipe internacional de pesquisadores a desvendar o genoma de aborígenes australianos e reescrever a história da imigração dos humanos pelo mundo.
O DNA retirado dos cabelos doados por um jovem aborígene a um antropólogo britânico em 1923 demonstrou que aborígenes australianos foram o primeiro grupo a se separar de outros grupos humanos modernos, há cerca de 70 mil anos. E isto desafia a teoria que afirma que houve uma única fase de diáspora, vinda da África.
Enquanto as populações de aborígenes cruzavam a Ásia e a Austrália, o restante dos humanos permaneceu na região do norte da África e no Oriente Médio até 24 mil anos atrás, saindo apenas depois disto para colonizar a Europa e Ásia.
Mas, os aborígenes tinham se estabelecido na Austrália há 25 mil anos e, portanto, estavam há mais tempo no local onde vivem atualmente do que qualquer outra população conhecida.
A pesquisa, publicada na revista Science, também destaca as novas possibilidades de, no futuro, comparar os genomas de vários indivíduos para rastrear a imigração de pequenos grupos.
DIFERENÇAS
Restos arqueológicos encontrados na Austrália tiveram a idade calculada em cerca de 50 mil anos, o que determinava a idade máxima dos assentamentos de aborígenes no continente.
Mas a história da jornada deste grupo e sua relação com povos da Ásia e Europa ainda não tinha sido desvendada.
Anteriormente se pensava que os grupos humanos modernos tinham se dispersado em apenas uma onda a partir da África e do Oriente Médio e, devido às distâncias envolvidas, os europeus modernos teriam se separado dos asiáticos e dos australianos em primeiro lugar.
Mas, estas informações do DNA retiradas da mecha de cabelo aborígene mostravam que os australianos iniciaram sua jornada bem antes.
Ao examinar as pequenas diferenças entre o DNA de aborígenes e de outros humanos antigos, os cientistas mostraram que os indígenas australianos ficaram isolados pela primeira vez há 70 mil anos.
François Balloux, do Imperial College de Londres e que participou da pesquisa, descreveu como "uma população se expandiu pela costa devido à fartura de recursos na região. Eles podiam andar quase pelo caminho todo, pois o nível do mar era bem mais baixo". Apenas uma pequena viagem pelo mar era necessária para alcançar a Austrália a partir da Ásia.
Mas, qualquer vestígio arqueológico desta jornada, que durou cerca de 25 mil anos, deve estar perdido no fundo do mar, devido ao aumento do nível das águas.
PARQUE DOS DINOSSAUROS
Técnicas de análise de DNA como as que foram usadas neste estudo poderão ser usadas de forma mais ampla para analisar as imigrações humanas.
A equipe internacional de cientistas agora planeja examinar mais profundamente a imigração dos humanos modernos a partir da África além de tentar descobrir como e quando as Américas foram colonizadas.
Balloux afirmou que está animado com o potencial desta técnica, descrevendo-a como um tipo de ciência que é "quase (como a mostrada no filme) Parque dos Dinossauros".
A pesquisa foi feita a partir de uma mecha de cabelo doada por um jovem aborígene a um antropólogo britânico em 1923.
Os pesquisadores decidiram examinar a mecha de cabelo e não outro tipo de resto por razões legais, já que cabelo não é classificado como tecido humano.
"O mais importante para nós que a pesquisa fosse aceitável de um ponto de vista social e moral", disse François Balloux.
Para surpresa dos cientistas, todos os consultados apoiaram a pesquisa. Balloux afirmou que, no passado, grupos indígenas sempre foram "extremamente sensíveis a respeito das motivações de cientistas ocidentais" neste tipo de pesquisa.
Mas, o último estudo foi publicado com "forte apoio" do Conselho de Terra e Mar de Goldfields, a organização que representa os proprietários tradicionais de partes da Austrália ocidental, aborígenes. 

FONTE: Folha.com/Ciência

ESTUDO QUE DASAFIA EINSTEIN SOFRE CRÍTICA ( Artigo Científico )

24/09/2011 - 10h50

Estudo que desafia Einstein sofre críticas


 
RAFAEL GARCIA
DE WASHINGTON

No clássico de humor "O Guia do Mochileiro das Galáxias", o escritor Douglas Adams afirma: "Nada no Universo ultrapassa a velocidade da luz. A única exceção são as más notícias, que obedecem a leis próprias".
A piada resume o clima de mal-estar com o qual a comunidade de físicos recebeu o anúncio de que partículas chamadas neutrinos teriam viajado mais rápido que a luz.
Ontem, físicos que conduziram a observação finalmente fizeram um anúncio oficial e tiveram de enfrentar o ceticismo dos demais cientistas.
No experimento Opera, um feixe de neutrinos (partículas eletricamente neutras e quase sem massa) foi produzido no centro de pesquisas nucleares Cern, em Genebra (Suíça), e enviado até um detector no Laboratório Nacional Gran Sasso, na Itália, a 730 km. Chegou lá 60 bilionésimos de segundo mais adiantado do que a luz.
E a notícia correu também mais rápido do que a ciência. O anúncio já havia se espalhado na imprensa anteontem, quando os autores do trabalho abriram o acesso na internet a um estudo ainda sem revisão independente.
*NO TWITTER *
Só ontem o Cern organizou entrevista coletiva com os físicos, com perguntas via Twitter e transmissão em vídeo. Dario Autiero, líder do estudo, mostrou seus resultados com algum esforço para contemplar uma audiência que incluía de jornalistas leigos a físicos veteranos.
Quando sua apresentação chegou ao vigésimo gráfico detalhando a metodologia do experimento, a plateia local começou a ficar inquieta.
Alguns físicos já reclamavam que seria preciso ser especialista em sincronização de relógios atômicos por GPS para tentar compreender como as medidas eram obtidas no experimento. Jornalistas questionavam se um aparato de laboratório tão complexo e tão cheio de peças não seria vulnerável a falhas.
Autiero tentou mostrar que seu grupo de pesquisa levou em conta margens de erro para todo tipo possível e imaginável de interferência. Os resultados, afirma ele, permanecem sólidos após seis meses de rechecagem.
"O sr. levou em conta a rotação da Terra?", perguntou um físico que se levantou na platéia. "Sim", respondeu.
Até a interferência causada por carros no túnel de uma rodovia no caminho dos neutrinos foi considerada.
"Conseguimos que uma das faixas da estrada fosse bloqueada por algum tempo, mas só teríamos obtido mais precisão nas medições com um bloqueio completo", disse Autiero. A polícia rodoviária italiana negou o pedido, mais preocupada com congestionamentos de carros do que com o excesso de velocidade de neutrinos.
No geral, os físicos presentes respeitaram a maneira como o pesquisador rebateu as críticas mais técnicas.
ELOGIO DE NOBEL
Por fim, Samuel Ting, Prêmio Nobel em Física de 1976, estava presente e parabenizou Autiero. "O experimento foi feito muito cuidadosamente, com os erros sistemáticos bem checados", disse.
Elogios à parte, poucos físicos teóricos ficaram satisfeitos. Muitos acham difícil crer que a relatividade especial, teoria de Einstein que foi desafiada continuamente por mais de cem anos e sobreviveu a todos os testes até agora, esteja errada num de seus aspectos mais fundamentais.
É mais fácil acreditar em algum problema em Gran Sasso do que reescrever toda a física do século 20.
Num evento em que jornalistas pareciam ter medo de entrar na discussão, coube a um representante do Instituto de Física do Reino Unido fazer a pergunta mais constrangedora: "Vocês têm medo de passar ridículo caso se descubra que tudo isso se deve a um erro sistemático?".
Autiero respondeu, indiretamente, à pergunta. "Apesar de nossas medidas terem baixa incerteza sistemática e alta precisão estatística, e de nós termos alta confiança em nossos resultados, estamos ansiosos para poder compará-los com outros experimentos", ponderou ele.
Especulações teóricas sobre como explicar a anomalia dos neutrinos já surgiram ontem, apesar do ceticismo. A mais popular sugere que as partículas teriam atravessado uma dimensão oculta do espaço, pegando um "atalho" para chegar mais cedo.
Nenhuma teoria anterior, porém, havia previsto esse tipo de fenômeno. 

FONTE: Folha.com/Ciência


Editoria de arte/ Folhapress
  

ESTUDO APONTA QUE ABORÍGENES SÃO O POVO MAIS ANTIGO DO MUNDO FORA DA ÁFRICA ( Antropologia )

24/09/2011 - 12h19

Estudo aponta que aborígenes são o povo mais antigo do mundo fora da África


JULIANA CUNHA
COLABORAÇÃO PARA A
FOLHA
Um pedaço de cabelo coletado por um antropólogo britânico há um século foi usado como fonte para o primeiro estudo de genoma de aborígenes australianos.
O cabelo foi descoberto e analisado por cientistas do Museu de História Natural da Dinamarca, liderados pelo pesquisador Eske Willerslev. Segundo, Willerslev, a descoberta prova que os aborígenes australianos são o povo ainda vivo mais antigo do mundo fora da África subsaariana.
O estudo sobre o genoma aborígene reforça a teoria dos geneticistas de que os primeiros aborígenes chegaram na Austrália há cerca de 50 mil anos e, de algum modo, conseguiram manter o continente inteiro só para eles, sem se misturar com nenhum outro povo.
Isso significa que os aborígenes são descendentes diretos dos primeiros seres humanos a saírem da África.
O trabalho foi publicado nesta semana, na revista científica Science. 

FONTE: Folha.com/Ciência

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

APÓS REJEIÇÃO DE ÚLTIMO APELO, TROY DAVIS É EXECUTADO NOS ESTADOS UNIDOS ( "Mundo")

22/09/2011 - 00h30

Após rejeição de último apelo, Troy Davis é executado nos EUA


DA FRANCE PRESSE
DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

O americano Troy Davis, 42, foi executado na noite desta quarta-feira (21) por injeção letal, às 23h08 locais (0h08 de quinta em Brasília), informou a penitenciária de Jackson, na Geórgia.
A execução ocorreu pouco após a Suprema Corte dos Estados Unidos rejeitar um pedido de suspensão da sentença.
Durante o dia, os advogados de Davis esgotaram todas as possibilidades legais no estado da Geórgia, em diversas instâncias, na tentativa de evitar sua morte.
Mais cedo, enquanto Brian Kemmer, advogado de Davis, apresentava o pedido de suspensão, o presidente dos EUA, Barack Obama, recusou-se a intervir no caso.
16.jan.1991/Associated Press
Troy Anthony Davis chega ao tribunal para audiência
Troy Anthony Davis chega ao tribunal para audiência
O porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, ressaltou que o presidente preferiu não se envolver argumentando que o caso pertence ao governo da Geórgia, e não compete a Washington interferir.
"Obama tem trabalhado para garantir eficiência e justiça no sistema judiciário, especialmente nos casos de pena capital, mas não é apropriado que o presidente dos Estados Unidos se envolva em casos específicos como este, que são da Justiça estadual", destacou Carney.
No corredor da morte há 20 anos pelo assassinato do policial branco Mark MacPhail, o negro Troy Davis foi condenado à pena capital após um processo repleto de vícios judiciais que revelaram dúvidas sólidas sobre a inocência do culpado.
Durante o processo, nove testemunhas do assassinato cometido em 1989 indicaram Troy Davis como o autor do tiro, mas a arma do crime nunca foi encontrada e nenhuma prova digital ou traço de DNA, revelado. Depois, sete testemunhas se retrataram, mas isso não foi suficiente para convencer a Justiça de rever seu veredicto.
Centenas de pessoas se reuniram nos arredores da prisão de Jackson, na Geórgia, para pedir clemência --além disso, figuras como o papa Bento 16 e o ex-presidente americano Jimmy Carter pediram a comutação da pena.
RECURSOS
Davis, cujo caso provocou uma onda de protestos em todo o mundo, apresentou na manhã de quarta dois recursos para evitar sua execução, insistindo sobre sua inocência e nas diversas dúvidas provocadas pelo processo judicial.
Um recurso de habeas corpus e outro para deter a execução foram apresentados na Corte Superior do condado de Butts, na Geórgia, que esta tarde rejeitou as duas medidas.
Após saber da decisão do Comitê de Indultos da Geórgia, que negou seu pedido de clemência, Davis solicitou na terça-feira para ser submetido a um detector de mentiras, o que também foi negado.
Thibault Camus/Associated Press
Ativista protesta na França contra execução de Troy Davis
Ativista protesta na França contra execução de Troy Davis
O advogado Brian Kammer ressaltou mais cedo que a defesa está em condições de apresentar "provas" segundo as quais o médico legista que realizou a autópsia do corpo do policial morto deu "um falso testemunho" no relatório balístico no qual a Justiça se baseou para pronunciar sua sentença.
Na terça-feira, o comitê de indultos da Geórgia havia rejeitado um recurso apresentado pelos advogados do condenado, que já escapou de três execuções graças a diversos recursos judiciais.
Apresentado por seus defensores como o exemplo do negro condenado injustamente, Troy Davis recebeu o apoio de personalidades como a atriz Susan Sarandon, e centenas de manifestações pedindo o indulto foram realizadas em todo o mundo. 

FONTE: Foilha.com/Mundo

RELIGIÃO FAVORECE PENSAMENTO INTUITIVO, DIZ ESTUDO ( Comportamento Humano )

22/09/2011 - 05h30

Religião favorece pensamento intuitivo, afirma estudo


RAFAEL GARCIA
DE WASHINGTON

Muita gente rejeita o estereótipo que descreve ateus como pessoas racionais e analíticas e religiosos como intuitivos e espontâneos. Um experimento feito na Universidade Harvard, porém, sugere que esse clichê pode ter um fundo de verdade.
No trabalho, cientistas avaliaram o estilo de raciocínio preferido por mais de 800 voluntários e viram que aqueles com tendência maior a usar a intuição eram mais propensos a crer em Deus e entidades sobrenaturais.

Para chegarem à conclusão, os pesquisadores submeteram os voluntários a um questionário sobre crença religiosa e a problemas de raciocínio que avaliavam o estilo de pensamento de cada pessoa.
As perguntas eram, na verdade, "pegadinhas" que enganam especialmente as pessoas que contam com a intuição para lidar com números.
O resultado do experimento saiu em um estudo publicado na revista científica "Journal of Experimental Psychology". O trabalho, coordenado pelo psicólogo Amitai Shenhav, indica que pessoas mais racionais tendem a crer menos em Deus.

Arte
ÓBVIO?
Pode parecer uma conclusão óbvia, mas psicólogos ainda não tinham encontrado um jeito de testá-la.
Os cientistas de Harvard afirmam ter conseguido comprová-la agora porque usaram uma metodologia que avalia o estilo de raciocínio das pessoas sem levar em conta a magnitude da inteligência de cada um.
Em outras palavras, conseguiram evitar a armadilha que associa reflexão a pessoas mais inteligentes e intuição a pessoas mais burras.
"Uma das coisas que eu aprecio sobre a discussão entre uso de raciocínio reflexivo ou intuitivo é que não existe uma resposta certa sobre qual dos dois deve ser usado em cada ocasião", disse Shenhav à Folha. "Ambos são importantes para todo mundo, mas nós somos diferentes uns dos outros."
Segundo ele, muitos voluntários classificados como pessoas intuitivas tinham ido bem em dois testes de QI que haviam sido aplicados antes do experimento.
"Em testes de inteligência-padrão, existem poucas questões com respostas intuitivas que vêm à mente imediatamente", explica o psicólogo.
"É preciso trabalhar uma longa cadeia de raciocínio em cada um deles até que surja a resposta. O teste que usamos tem perguntas projetadas especialmente para oferecer uma resposta errada tentadora logo de cara."
O mais inesperado, porém, talvez seja que é possível moldar o tipo de crença religiosa que os voluntários têm.
Em outro teste, voluntários tinham de escrever uma redação sobre a importância da intuição. Logo após a tarefa, algumas pessoas titubeavam em perguntas sobre suas crenças religiosas, com tendência maior a relatar crença em entidades sobrenaturais.
"Talvez a maneira como somos educados a pensar de maneira reflexiva ou intuitiva ao longo da vida tenha alguma influência sobre nossas crenças", afirma o psicólogo. "Não sei dizer se isso é uma coisa boa ou ruim." 

FONTE: Folha.com/Ciência

NO DIA DA ÁRVORE, CONHEÇA CINCO ÁRVORES FAMOSAS ( Curiosidades )

21/09/2011 - 14h52

No Dia da Árvore, conheça cinco árvores famosas

DE SÃO PAULO
Elas nos dão sombra, servem para incrementar a brincadeira e ficam lindas nas paisagens. Hoje, 21 de setembro, comemora-se o Dia da Árvore. É o momento ideal para lembrar tudo de bom que as plantas fornecem à nossa vida. Que tal, além disso, ainda conhecer cinco árvores superfamosas?
Douglas Cometti-25.abr.2010/Folhapress
ORG XMIT: 484201_0.tif O maior cajueiro do mundo, com cerca de 8500 quadrados, em Pirangi, região metropolitana de Natal, RN. Em 1994, o cajueiro entrou para o Guiness Book. (Pirangi, RN. 25.04.2010. Foto de Douglas Cometti/Folhapress)
O maior cajueiro do mundo, com cerca de 8.500 m quadrados, em Pirangi, região metropolitana de Natal, RN
VELHINHA BRASILEIRA
Árvore vive muito mais do que gente. A mais antiga do Brasil tem mais ou menos 3 mil anos de idade. Ela é um jequitibá-rosa e fica no Parque Estadual do Vassununga, no Estado de São Paulo. Superaltona, tem mais de 40 metros de altura -mais do que um prédio de dez andares!
GIGANTE AMERICANA
Imagine se deparar com uma árvore de 115 metros de altura! Pois é quanto mede uma sequoia gigante que fica no parque nacional Redwood, ao norte de São Francisco, nos Estados Unidos. As sequoias são árvores que se destacam por seu tamanho e por sua duração. Algumas são tão fortes que dá para cavar um túnel para carros em sua base. Nos Estados Unidos, há, ainda, uma sequoia que tem mais de 4.600 anos.
MAIOR CAJUEIRO
No Rio Grande do Norte, vive o maior cajueiro do Brasil. Ele ocupa uma área de cerca de 8.500 metros2, mais do que um campo de futebol! Tem mais ou menos cem anos de vida. Com seu tamanho, produz mais de 60 mil cajus por ano -haja suco!
DA VIDA
Uma árvore consegue nascer no meio do deserto? A Árvore da Vida, em Bahrein, no Oriente Médio, conseguiu. Acredita-se que ela tenha mais de 400 anos e é um mistério como sobrevive em meio à areia, sem água por perto para alimentá-la.
DE HERÓI
Na Floresta de Sherwood, na Inglaterra, fica a Major Oak, a árvore viva mais antiga da floresta. Trata-se de um carvalho, e ele é tão grande que dizem que o próprio Robin Hood se escondia perto dele. 

FONTE: Folha.com/Folhinha

CIENTISTAS ANUNCIAM PARTÍCULA QUE SE MOVE MAIS RÁPIDO QUE A LUZ ( Artigo Científico )

22/09/2011 - 14h52

Cientistas anunciam partícula que se move mais rápido que a luz


DA REUTERS
Uma equipe internacional de cientistas afirma ter encontrado partículas de neutrino que se movem mais rápido que a velocidade da luz.
Martial Trezzini/Efe
O Grande Colisor de Hádrons onde foi realizado o estudo sobre neutrinos
O Grande Colisor de Hádrons onde foi realizado o estudo sobre neutrinos
Se confirmada, a descoberta pode alterar uma das leis fundamentais da física, a teoria da relatividade de 1905 feita por Albert Einstein. Pelos seus estudos, nada no Universo poderia ser mover mais rápido que a luz.
O pesquisador Antonio Ereditato, que trabalha no Cern (sigla em francês de Organização Europeia de Pesquisa Nuclear), disse que as medições nos últimos três anos, realizadas no LHC (Grande Colisor de Hádrons), mostraram os neutrinos se movendo 60 nanossegundos mais rápidos que a luz em uma distância equivalente ao que seria o trajeto entre as cidades de Genebra, na Suíça, e Gran Sasso, na Itália --cerca de 730 km.
"Temos grande confiança em nossos resultados. Mas precisamos que outros colegas façam e confirmem seus próprios testes", disse. 

FONTE: Folha.com/Ciência